• Institucional

  • Criadores
  • Formação
  • Agenda

  • Blog



INTRODUÇÃO

Publicado em 17/01/2020


CURSO DE INTRODUÇÃO À FENOMENOLOGIA

PRIMEIRA PARTE

Dr. Edebrande Cavalieri ¹

Estamos apresentando uma síntese de um curso sobre a fenomenologia husserliana ministrado em 2018 aos alunos do Instituto de Imensa Vida de Desenvolvimento Humano de Vitória, Espírito Santo. A proposta foi de se apresentar os principais conceitos da fenomenologia de Edmund Husserl (1859-1938), base do trabalho de Bert Hellinger. Nas aulas foi possível exemplificar os conceitos e possibilitar aos presentes perguntarem, bem como comentar o que estava sendo apresentado relacionando com a perspectiva adotada pelo Instituto. Apresentamos sob a forma de slides nas aulas e aqui desenvolvemos uma pouco mais o tema.
Nessa primeira etapa apresentamos 12 aulas com os aspectos mais gerais da fenomenologia. Na segunda parte faremos um detalhamento maior dos principais conceitos herdados da fenomenologia husserliana. Ainda está em projeto desenvolver outros campos mostrando a fenomenologia desenvolvida por outros pensadores como Martin Heidegger, Merleau-Ponty, Edith Stein, etc.
Apresentamos esse trabalho dividido em duas partes: na primeira abordamos o contexto geral em que está situada a fenomenologia e na segunda parte vamos tomar os principais conceitos para o estudo. Muitos alunos me perguntam por onde começar o estudo da fenomenologia. Penso que partindo de Edmund Husserl seja o caminho mais correto. Alguns tentam estudar esse pensado, mas enveredando pelo atalho, querendo talvez chegar mais rapidamente à compreensão dos conceitos. Assim tomam Martin Heidegger ou outro pensador, geralmente discípulos do mestre. Uma das justificativas para isso foi o fato de suas obras serem publicadas tardiamente, estando em grande parte ainda taquigrafadas na primeira metade do século XX. Hoje, esse atalho não se justifica mais, pois o conjunto da obra husserliana está à disposição dos leitores. Aqueles que dominam a língua alemã e o inglês estarão mais preparados, pois as traduções para outros vernáculos é lenta.
A fenomenologia é um dos movimentos mais importantes da filosofia contemporânea, ainda em grande parte desconhecida dos meios acadêmicos. Gostaria de citar uma frase de Husserl que expressa bem o que vem a ser esse pensamento: Não é da filosofia que deve partir o impulso da investigação, mas sim das coisas e dos problemas. E foi exatamente nessa direção que o pensamento husserliano avançou descortinando novos horizontes. Ele não desconsiderava a tradição, mas não ficava preso a ela. 

____________________________
¹Professor Titular da área de Filosofia da Universidade Federal do Espírito Santo e doutor em Ciências da Religião.


Compartilhe:

 




Visitas: 67

ENTRE EM CONTATO